Steak hand
Avalie comigo cinco pontos fundamentais para que você determine onde está falhando na hora de conceber ideias e não colocá-las em prática. Geralmente um criativo tem dois dos cinco critérios que eu costumo colocar numa matriz chamada steak hand. Se você ainda não conhece sugiro que procure na internet a matriz steak hand que é uma matriz que eu criei para auxiliar pessoas e empresas a melhorarem o seu desempenho e dois desses fatores eu tenho certeza de que não são problemas para pessoas criativas: a força de vontade e o conhecimento. Para ser criativo você tem de querer violar regras e tem de ter conhecimento para pensar mais amplamente, para pensar fora da caixa.

*****
Terminar
Entretanto, pessoas criativas que não colocam em prática tudo aquilo que conseguem podem ser pessoas que tenham problemas no quesito disciplina. Significa que são pessoas que quando começam algo, em vez de levarem até o final aquela ideia preferem já ter uma nova ideia. Esse é um gatilho muito forte que leva um criativo não acabativo, aquele que tem muitas ideias e não as leva até o final, de conseguir conviver com a frustração de não terminar nada. Simplesmente ele substitui a frustração pelo prazer de um novo projeto, de uma nova ideia. É uma pessoa que tem tantas ideias que essas ideias não cabem nela, porém ela tem como característica não terminar absolutamente nada que começa.

*****
Disciplina
Logo, é muito importante entender que se você tem muitas ideias e termina muitas delas, mas não termina outras, pode ser sim um problema de falta de tempo ou até mesmo um problema de uma escolha inconsciente de não fazer aquela ideia acontecer. Agora, quando você tem muitas ideias e não coloca nenhuma ou muito poucas em prática, você precisa melhorar a sua disciplina e junto com ela elevar a sua resiliência, que é a capacidade de suportar todos os aspectos negativos da execução, do dia-a-dia e da finalização de um projeto. E claro, se eu falei que dos cinco itens, três eram necessários, a disciplina e a resiliência precisam que você melhore o seu grau de planejamento, pois quando você planeja você também executa. Planejar sem executar é ser apenas criativo. Pense nisso! Para a coluna Visão Empresarial

Luciano Salamacha