Quando um profissional sabe gerenciar a sua letargia, lembrando que no grego significa esquecimento, sabe gerenciar a sua memória, reconhecendo quando deve ou não esquecer algo e ao mesmo tempo sabe gerenciar a sua falta de sensibilidade dentro da organização para sentir dores e também sentir as dores dos outros, ele consegue encontrar o caminho do equilíbrio dentro da empresa. Quatro perguntas poderão auxiliar esse profissional a desempenhar bem.

*****
Estimular
Quando o assunto for letargia, for esquecimento pergunte-se: para que eu devo continuar me lembrando dessa informação? Às vezes queremos nos lembrar de coisas ruins apenas para ficar sofrendo. A resposta para essa pergunta pode auxiliar você a estimular o esquecimento de alguns fatos. De outro lado, você deve sempre perguntar a si mesmo o que terá de problemas se esquecer um tipo de informação. Com isso você fica alerta e estabelece conexões emocionais para não esquecer aquela informação. Já quanto à indolência e a falta de sensibilidade você deve fazer duas perguntas.

*****
Coletividade
Em relação à insensibilidade você deve se perguntar se a sua decisão ainda que insensível leva em conta o bem estar da coletividade porque se isso for verdadeiro, a sua insensibilidade é positiva. Por outro lado, você deve se perguntar se as suas atitudes, a maneira pela qual você age não vem prejudicando, machucando e também afastando as pessoas de você. Esse é o lado ruim da insensibilidade. Pense nisso. Quatro perguntas para que você saiba gerenciar esquecimento e indolência no mundo corporativo. Para a coluna Visão Empresarial

Luciano Salamacha