Cenário
Nos últimos anos eu tenho dedicado a minha vida a estudar mais neurociências aplicadas ao comportamento humano. Longe de ser um especialista em medicina minha atividade principal foi tentar entender como o comportamento humano é descrito pela neurociência e principalmente como eu posso identificar esse comportamento em cada situação auxiliando pessoas a entender melhor como elas tomam decisões e aí você começa a perceber que há um novo cenário se formando no ambiente corporativo atualmente.

*****
Busca
Primeiro vem o que eu chamo de neuropicaretas, pessoas que pegam um conceito qualquer de neurociência e saem se autodenominando experts em neurociência tal qual fosse um médico que fez mestrado e doutorado. De outro lado, há pessoas que levam a sério esse estudo e se resignam em ser especialistas apaixonados pelo tema e que de alguma maneira respeitam suas próprias limitações. E justamente por isso buscam pessoas extremamente competentes em determinada área para complementar sua curiosidade e seu conhecimento.

*****
Influência
É este estudo da neurociência aplicada ao comportamento humano no ambiente corporativo que vem sendo um grande fator de diferenciação dos profissionais. É aquele momento em que a pessoa começa a entender que o seu processo de aprendizado influenciou fortemente na maneira pela qual analisa determinada situação, reúne um conjunto de variáveis e extrapola alternativas para solucionar um problema. Quando você começa a compreender mais sobre comportamento humano sem dúvida alguma o seu resultado só tem uma tendência que é melhorar vertiginosamente. Pense nisso! Para a coluna Visão Empresarial

Luciano Salamacha